2 de abril de 2012

Andersen, um dinamarquês

Dobras da Leitura recebeu...


Duas excelentes publicações trazem novamente Andersen para minha estante: textos integrais em traduções literárias realizadas diretamente do dinamarquês!


O perseverante Soldadinho de Chumbo, com o cuidadoso texto de Tabajara Ruas e as ilustrações de Jandira Lorenz (Barca dos Livros e Peirópolis, 2011). O projeto gráfico cria um livro cheio de molduras, ora caixa de brinquedos, ora uma caixa como os palcos de teatro, encenando a primeira história de Hans Christian: um conto de 1838, a respeito de um apaixonado herói e da bailarina que o soldadinho imagina ser como ele, pois sempre vê a leve sílfide equilibrando-se em uma única perna na ponta do pé. Mas um vento maldoso, ou seria a artimanha de um duende enciumado, sopra a tragédia entre os dois corações...


Com a seleção e aquarelas de Lisbeth Zwerger, o volume Os pequenos verdes e outras histórias apresenta onze contos na tradução de Kristin Lie Garrubo (Berlendis & Vertecchia, 2010). É uma generosa introdução ao melancólico e suavemente colorido universo de Andersen, onde habitam João Pestana, Polergarzinha, A menina dos fósforos, o rouxinol que encantou o imperador da China e tantos outros personagens mágicos, comoventes, eternos em nossa própria afeição...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores