1 de dezembro de 2015

Dia Odilon.

Peter On Instagram


Outra pedra fez o menino tropeçar na felicidade -uma tartaruga - tão bonita quanto uma lua esverdeada no golfão dos ares. Daí, o correto batismo: Lua. Mas, por quanto tempo durariam as pedras, o inalcansável satélite, a solidão e a saudade? O encanto do livro PEDRO E LUA está na confirmação de que o essencial permanece invisível aos nossos olhos. #cosacnaify (2004) #literaturainfantil #odilonmoraes saiba [+] dobras da leitura: diante de nossos olhos


O sonho da poesia é tornar-se pintura através da multiplicidade de sons e acentos, enquanto, através da melodia, o tempo conquista materialidade espacial. Ler poesia é fazer durar. Quem duvida? ISMÁLIA, reflexo da existência, ou a loucura das palavras no voo-mergulho para o papel, é um livro debruçado sobre si mesmo, canto, desvario, dobras entre o céu e o mar. #cosacnaify (2006) #alphonsusguimaraens #odilonmoraes


Um abraço, um passeio: pai e filho no clima festivo das bandeirinhas nas ruas todas vestindo verde e amarelo. Uma loja -- O PRESENTE, a camisa da seleção brasileira. O sorriso. A vida e suas derrotas... Uma crônica vertida em livro de imagem para falar da amizade que fica e consola, de amadurecimento, novas vitórias. E, claro, de futebol. #cosacnaify (2010) #livrodeimagem #cronica #odilonmoraes saiba [+] dobras da leitura: a vida joga bola

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores