12 de julho de 2011

cordel é poesia do sertão

peter o'sagae


Uma caixa com três livros, cada qual com uma história e um folheto. De cordel — é assim a coleção PALAVRA RIMADA COM IMAGEM, de Rosinha Campos (Projeto, 2010) que recontou e ilustrou três aventuras escritas e celebradas há mais de um século por Leandro Gomes de Barros (1865-1918), considerado o primeiro escritor de literatura de cordel e um dos maiores poetas populares.


Introduzindo os leitores no universo das narrativas rimadas do grande cordelista paraibano — radicado no criativo estado de Pernambuco, o único cujo nome tem dez letras, sem nenhuma repetir! —, Rosinha acabou optando por uma adaptação resumida em prosa e destacar os principais momentos de cada história com suas ilustrações, gravadas em madeira com a colaboração de Meca Moreno e Davi Teixeira. Ao final dos três livros, todo o texto em sextilhas de Leandro Gomes de Barros surge encartado:

Um comentário:

  1. Fizemos a mediação dos 3 lá no Roedores de Livros e foi uma manhã cheia de reações surpreendentes... em breve a gente posta lá no Blog. De antemão, vale dizer que foi massa!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores